Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

elixirdebaco

5 grandes amigos, que gostam de provar, mas sobretudo de beber vinho todos juntos. Como a vida os afastou (geograficamente), o vinho acabou por os juntar. E o vinho, torna-se sempre melhor quando é partilhado!

Douro, grande região!!!

por Rui Sousa, em 25.11.06
Bem após ter estado longe destas andanças, chego a casa e vejo a revista dos vinhos deste mês a minha espera... E qual foi o meu espanto por ver na capa Douro Tintos, fruta, garra e classe. Pensei eu, são bruxos, era mesmo o tema que queria ver na revista, porque o Douro tem conseguido conquistar-me aos poucos e poucos. Na última viagem ao El Corte Inglês dei por mim depois de pagar, que só trazia vinhos do Douro,  inconscientemente é claro!!!
Bem o artigo mais uma vez está muito bem feito, mostrando a todos os nós os grandes Tintos que são feitos por aquelas regiões inóspitas.
Três tintos tiveram a classificação de 18,5 e sete 18, fechando assim em grande o Top Ten. De referir que em 45 amostras nenhuma recebeu uma menção menor que 16 valores. São tintos top de gama estes aqui expostos, havendo uma grande variedade de preços, desde os 10.75 € até aos 85 €.
Três tintos obtiveram o "selo" de melhor compra da revista dos vinhos, os três mais baratos, um com 17,5 (Vértice 2003), e dois com 17 (Casa Burmester Reserva 2004 e Quinta dos Quatro Ventos 2004). O preço destes magníficos rodam os 10.75 e os 13 €.
Tenho que mencionar pelo menos os Top Ten, porque acho que a região merece que se publique vinhos assim:

  • Abandonado 2004
  • Batuta 2004
  • Pintas 2004
  • CV 2004
  • La Rosa Reserva 2004
  • Quinta da Tecedeiras Reserva 2004
  • Quinta de Macedo 2004
  • Quinta do Crasto Vinha da Ponte 2004
  • Quinta do Infantado Reserva 2003
  • Quinta do Vale Meão 2004

Vertente 2002

por Rui Sousa, em 02.11.06



Características do Vinho:

Tipo: Tinto
Castas:
Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinta
Amarela, Touriga Nacional e outras

Ano: 2002
Região: Douro (DOC)
Data da Prova: 01 de Novembro de 2006
Teor Alcoolico: 13 %

Produtor: Niepoort Vinhos, SA

Sobre o Vinho... 
O Vertente é o irmão mais novo dos famosos vinhos da casa Niepoort. As uvas foram criteriosamente seleccionadas na adega e vinificadas em cubas de inox com sistema de pisa hidráulico. Estagiou em barricas novas e usadas de carvalho françês durante 12 meses. O vinho foi engarrafado em 2004.

Prova: 
No site da Niepoort Vinhos, refere o Vertente como um vinho frutado e fresco. E não foge da descrição, mostra-se fresco, fino e frutado lembrando as frutas silvestres. De ínicio os seus aromas são complexos mas agradáveis. Depois de um tempo começa-se a mostrar a baunilha, a madeira, o caramelo e até o cacau. Notas frescas balsámicas a marcar passo terminando com fumo e pãp tostado. Os taninos na boca são envolventes, sentido uma ligeira adstrigência (agradável). Bem o final é completo, envolvente e persistente.

 

Classificação: 17 Valores
Preço:   +/- 12 € no El Corte Inglês, Lisboa.

Observações:   Depois de ter lido sobre o Vertente 2003, nos blogs Copo de 3 e  Vinho da Casa, fiquei muito curioso e como tive a oportunidade de adquirir este Vertente, nem pensei duas vezes... 

Duas Quintas 2004

por Rui Sousa, em 02.11.06


imagem: www.ramospinto.pt


Características do Vinho:


Tipo: Tinto
Castas:
Touriga Nacional, Touriga Francesa e Tinta Roriz

Ano: 2004
Região: Douro (DOC)
Data da Prova: 01 de Novembro de 2006
Teor Alcoolico: 13%
Produtor: Ramos Pinto  www.ramospinto.pt

Sobre o vinho...
Depois de provar o Duas Quintas 2003 apareceu o 2004, na feira dos vinhos do Pingo Doce (a única por estes lados) por um preço mais agradável. Assim foi...

Prova:
Mantem a qualidade demonstrada em 2003, foi logo notório, cor escura com anel violeta, fresco com frutas silvestres, nota-se o seu lado doce após algum tempo no copo. Fez-me lembrar novamente o mel... Taninos adequados e envolventes achei apenas não tão persistente quanto o de 2003...

Classificação: 16 Valores
Preço: +/- 7, no Pingo Doce

Observações:  Tirei meio valor, apenas devido a persistencia, mas se calhar foi do acompanhamento... estava no lanche do "pão por deus", nada de muito consistente, (digamos assim). Bem mas recomendo, pois claro...

Claustru's 2003

por Rui Sousa, em 02.11.06



Características do Vinho:

Tipo: Tinto
Castas:
Tinta Barroca, Tinta Roriz e Touriga Franca

Ano: 2003
Região: Douro (DOC)
Data da Prova: 30 de Outubro de 2006
Teor Alcoolico: 13 %

Produtor:  Adega Cooperativa de Mesão Frio, CRL

Sobre o Vinho... 
Produzido pela Adega Cooperativa, bem situada na região demarcada, é tinto com qualidade. Desde 1950 que a adega o faz e faz bem, pois claro...


Prova: 
Directo, sincero e equilibrado. Este tinto, mostra-se logo como é, equilibrado, com um corpo mediano. Com aromas a lembrar as frutas silvestres, tostado e fumo. Na boca nota-se o equilibrio, com os taninos bem situados, envolventes permitindo uma agradável degustação.  O final é bom com boa persistência.

 

Classificação: 14,5 Valores
Preço:   +/- 3 € no Pingo Doce.

Observações:   Mais um vinho ideal para o dia a dia e pelo preço apresentado vale a pena consumi-lo. É um Douro e gostei porque é diferente...