Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

elixirdebaco

5 grandes amigos, que gostam de provar, mas sobretudo de beber vinho todos juntos. Como a vida os afastou (geograficamente), o vinho acabou por os juntar. E o vinho, torna-se sempre melhor quando é partilhado!

Quinta de Bons Ventos 2004

por Rui Sousa, em 17.01.07



foto: www.casasantoslima.com


Características do Vinho:

Tipo: Tinto
Castas:
Touriga Nacional, Castelão, Camarate e Tinta Miúda

Ano: 2004
Região:Estremadura (Regional Estremadura)
Data da Prova: 01 de Janeiro de 2007
Teor Alcoolico: 13%

Produtor: Casa Santos LIma


Sobre o Vinho...
Desengace total seguido de esmagamento. Fermentação em depósitos de 26.500 litros com sistema de remontagem auto - programada e sistemas de controle de temperatura entre os 28. º C e os 30. º C. Maceração em contacto com manta submersa por 28 dias. Envelhecimento parcial (3 a 4 meses) em meias-pipas de carvalho.

Prova: 
Tinto sincero e discreto. Este regional estremadura, mostra-se bem equilibrado e muito agradável. Acidez no ponto! Fruta vermelha, toques vegetais e corpo mediano mas com taninos suaves e penetrantes. Final adequado, médio.

 

Classificação: 15 Valores
Preço:   ?

Observações: Mais um vinho, muito agradável e adequado para o consumo diário. Ficou bem com a Feijoada à Portuguesa!

Quinta Vale do Bragão 2002

por Rui Sousa, em 17.01.07




Características do Vinho:

Tipo: Tinto
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinto Cão e Touriga Franca 

Ano: 2002
Região: Douro (DOC)
Data da Prova: 05 de Janeiro de 2007
Teor Alcoolico: 13%

Produtor: M V Gonçalves Costa


Sobre o Vinho...
Este tinto chega-nos, vindo de uma quinta
plantada em Celeirós, junto ao rio Pinhão. Para se ter uma ideia da localização privilegiada, Vale do Bragão confina com vinhedos tão célebres como o do Fojo. Estagiou em barricas de carvalho durante 12 meses.

Prova: 
Harmonioso este tinto douriense. Boa fruta, sente-se a madeira muito bem casada e tem um corpo muito agradável. Está um tinto óptimo para ser consumido. As notas de frutas vermelhas, juntamente com toque baunilhados e de compota estão muito bem com os taninos arrendondados. Final agradável e persistente.

 

Classificação: 15,5 Valores
Preço:   5,95€, promoção da Revista dos Vinhos de Novembro 2006

Observações: Está um excelente vinho para o consumo imediato e diário. Permite obter um boas combinações com os grelhados, fica tão bem com uma espetada à madeirense, hummm!