Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

elixirdebaco

5 grandes amigos, que gostam de provar, mas sobretudo de beber vinho todos juntos. Como a vida os afastou (geograficamente), o vinho acabou por os juntar. E o vinho, torna-se sempre melhor quando é partilhado!

Regresso à escrita...

por Rui Sousa, em 21.04.08
Depois de este tempo (longo) de pausa, consegui ultrapassar todos aqueles sentimentos que não me deixavam descrever, transmitir o que sentia quando degustava um vinho...
Esta ausência de palavras surge num momento de mudança da minha vida profissional e pessoal, onde aqueles momentos já destinados às provas foram alterados... e quando refiro os momentos, não são apenas momentos temporais, nem tão pouco locais, são a falta de todos alguns pormenores , rituais que criamos a volta da degustação, da prova dos bem conhecidos lanches, jantares, onde reinava a boa disposição e os amigos em amena cavaqueira!!!!
Esta mudança não foi para pior, posso garantir, mas senti (inconscientemente) esta mudança, esta quebra no quotidiano... não fiquei longe dos vinhos, nem dos enoblogs ! frequentei foi com muito menos frequência e sempre que pensava em transmitir para palavras os aromas, os sentimentos vividos ao provar um vinho, adiava para amanha e depois para o outro dia e assim consecutivamente.

Bem, mas chegou a altura de alterar esta situação de marasmo e começar novamente a descrever algumas palavras que surgiram neste passado fim de semana numa visita relâmpago em formação profissional à bela cidade do Porto.
E os vinhos provados num jantar foram de muito bom nível... O primeiro a ser provado, eu não conhecia mas confirmou as credenciais da pessoa que nos indicou...
Terras de Monforte Escolha 2003!!! Depois deste tinto chegou a surpresa da noite porque ninguém contava com a chegada em grande do duriense Vértice Grande Reserva 2003!!!
Foram estes dois tintos que nos acompanharam num belo jantar, bem tarde, temos que dizer, mas que decorreu muito bem...
Um alentejano e um duriense com todas as características regionais bem vincadas... O terras de monforte escolha surgiu-nos com muita força, com garra, a lembrar já as conhecidas festas de verão com a mistura de umas touradas... os aromas que me transmitia faziam-me viajar por esses meses... a terra batida, o ar seco, o calor, com todos aqueles aromas de fruta que me faz lembrar essa época, as framboesas, a cereja, as frutas vermelhas... com toques de especiarias com o café , chocolate e canela a ficar retidas na minha memória sensorial. Um tinto muito bem equilibrado do qual refiro o final longo bem apetecível ... 17,5 Val
O Vértice é um vinho que todos nós já ouvimos falar e sempre coisas boas... E não falhou... é de facto um duriense muito bem elaborado com uma complexidade que nos prende à prova desde o inicio até ao último copo... com a fruta vermelha envolvida em aromas balsâmicos com toques de especiarias, novamente a canela estava metida.... na boca os taninos são muito bons a envolverem o palato e toda a superfície de agradáveis sensações que continuaram por um final muito marcante, delicioso...17,5 Val

Resultados do questionário

por Rui Sousa, em 21.04.08
Após uns bons meses de questionário on-line sobre qual o vinho generoso nacional (Porto ou Madeira) preferido decidi terminar com o questionário e revelar os dados finais!

Vinho do Porto: 87 votos  72%
Vinha Madeira: 34 votos  28%

Total de votos: 121 votos

Vinho do porto ganha claramente o concenso geral dos vontantes do elixrdebaco em relação ao vinho madeira...

mas estes resultados deixaram-me outra questão no ar: Será que todos os vontantes conhecem tão bem um vinho como outro? eu pessoalmente nao conheço bem o vinho do porto e até ao momento gosto mais do Madeira... será que os votantes só conhecem bem o vinho do porto?

fica para outra altura...

um abraço

Alteração do mail do Elixir de Baco

por Rui Sousa, em 21.04.08
Por motivos alheios a administração do blog tive que alterar o mail do elixir de baco. Assim o novo mail é elixir.baco@gmail.com, como podem confirmar na barra lateral!!!
Por este motivo peço-vos imensas desculpas aos mails enviados e não respondidos dos últimos tempos.

um abraço e boas provas