Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

elixirdebaco

5 grandes amigos, que gostam de provar, mas sobretudo de beber vinho todos juntos. Como a vida os afastou (geograficamente), o vinho acabou por os juntar. E o vinho, torna-se sempre melhor quando é partilhado!

Quinta d'Amares Loureiro e Arinto Superior 2018

12.08.20 | Rui Sousa

0003EF24B2C772.png

 

Características do Vinho:

Tipo: Vinho Verde
Castas: Loureiro 50% e Arinto 50%

Ano: 2018
Região: Vinhos Verdes Sub-região do Cávado
Data da Prova: 11 de Agosto de 2020
Teor Alcoolico: 12,5%

Produtor:Quinta de Amares

 

Sobre o Vinho...

A Arinto é uma casta muito versátil, por isso é cultivada em quase todas as regiões viní­colas. Na região dos Vinhos Verdes é conhecida por Pedernã. Contudo, é na região de Bucelas que esta casta ganha notoriedade, sendo considerada a casta "rainha" da região. O cacho da casta Arinto é grande, compacto e composto por bagos pequenos ou médios de cor amarelada. Esta casta é frequentemente utilizada na produção de vinhos de lote (mais do que uma casta) e também de vinho espumante. (infovini)

 

Prova:

Que grande verde! De cor amarelo claro, apresenta-se logo muito aromático, muita fruta e floral. Fruta citrica mas também notas tropicais, como ananás e maracujá. Na boca a acidez estava perfeita, mantendo uma elegancia e frescura de salientar. Mantém as notas da fruta citrica, mais a maça verde, o ananás e algum vegetal e alguma mineralidade. Final mediamente persistente. Atrevo-me a afirmar que provavelmente foi o verde sem Alvarinho, mais aromático, que já foi provado no EdB.

 

Classificação: 17/20 

Preço: 3,89€ 

Observações: Vivino: 4.0/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.