Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

elixirdebaco

5 grandes amigos, que gostam de provar, mas sobretudo de beber vinho todos juntos. Como a vida os afastou (geograficamente), o vinho acabou por os juntar. E o vinho, torna-se sempre melhor quando é partilhado!

Papa Figos Branco 2019

por Rui Sousa, em 20.09.20

bottle.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: 45% Rabigato, 20% Viosinho, 15% Arinto, 12% Códega do Larinho, 5% Gouveio, 3% Moscatel

Ano: 2019
Região: Douro
Data da Prova: 31 de Agosto de 2020
Teor Alcoolico: 13%

Produtor: Sogrape Vinhos

Enólogo: Luis Sottomayor

Sobre o Vinho...

Uvas de castas selecionadas, provenientes das zonas altas da sub-região do Douro Superior, nomeadamente das nossas propriedades. Após desengace, as uvas são suavemente prensadas e o mosto clarificado, por decantação. Maturação em cubas de inox, por um período de cerca de 6 meses, ao longo dos quais os lotes existentes são submetidos a inúmeras provas e análises, no sentido de apurar a sua qualidade. O lote final é elaborado, após criteriosa seleção, e submetido ao tratamento de clarificação e estabilização antes do seu engarrafamento.

 

Prova:

De cor amarelo claro, nariz muito elegante, suave e fresco. Fruta branca com boa mineralidade. Na boca, a fruta mantém-se e a mineralidade acrescenta complexidade ao conjunto. Acidez controlada e agradável dando ao conjunto a frescura que se procura num branco novo. Final pouco persistente. Bom branco, escolha segura da equipa EdB!

 

Classificação: 17/20 

Preço: 6€ 

Observações: Vivino: 3.2/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; 

Cave do Morgado Alvarinho 2019

por Rui Sousa, em 20.09.20

V05044.jpg

 

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: Alvarinho, 

Ano: 2019
Região: Vinhos Verdes
Data da Prova: 26 de Agosto de 2020
Teor Alcoolico: 12%

Produtor: Distribuido por Aldi

 

Sobre o Vinho...

A casta Alvarinho, dá corpo a vinhos únicos e facilmente identificáveis, de personalidade e temperamento forte. É uma casta vigorosa, que obriga a alguma prudência no controlo do ímpeto vegetal, sendo, porém, uma casta pouco produtiva, com cachos pequenos e elevada proporção de grainhas. Historicamente, foi uma das primeiras variedades portuguesas a ser engarrafada em estreme, responsável pelo sucesso dos vinhos da sub-região de Monção e Melgaço. O Alvarinho proporciona vinhos com elevado potencial alcoólico, perfumados e delicados, com notas aromáticas díspares de pêssego, limão, maracujá, lichia, casca de laranja, jasmim, flor de laranjeira e erva-cidreira. Tem um enorme potencial de envelhecimento, conseguindo viver em perfeita saúde até completar, pelo menos, dez anos de idade. (www.vinha.pt)

 

 

Prova:

De cor amarelo claro com muitas nuances esverdeadas. Nariz bem frutado, citrinos, lima-limão, melão e notas florais. Na boca, boa acidez, mantém fruta verde, maça, pêra e melão com notas minerais a acompanhar. Final pouco persistente, mas um bom Alvarinho com um preço muito bom. 

 

Classificação: 16,5/20 

Preço: 3,5€ 

Observações: Vivino: 3.9/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; 

Villae Branco 2019

por Rui Sousa, em 15.08.20

12.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: Encruzado, Bical e Cerceal Branco

Ano: 2019
Região: Dão
Data da Prova: 09 de Agosto de 2020
Teor Alcoolico: 13,5%

Produtor: Quinta da Taboadella

 

Sobre o Vinho...

A primavera antecipou-se para os meses de janeiro e fevereiro. Foi acertada, a opção da equipa técnica de atrasar o ciclo, podando em Março, evitando assim perdas de produção face às geadas tardias de abril que se verificaram na região demarcada do Dão. Durante o período primaveril verificaram-se precipitações acima do normal que se revelaram bastante positivas na reposição dos níveis hídricos desejados no solo e para o perfeito desenvolvimento do restante ciclo vegetativo. O Verão foi ameno e fresco permitindo uma maturação muito equilibrada das uvas, sem stress hídrico. Vindima efectuada com 100% de uva inteira e fermentação e estágio em cuba inox 100% a baixa temperatura. (taboadella)

 

Prova:

Vinho recentemente lançado no mercado, pertencente à antiga Quinta da Taboadela, agora adquirida pelo grupo Amorim, e com o nome Taboadella 1255. Branco muito bem feito, de cor amarelo muito claro, nariz muito aromático, com fruta branca, pêra, maça golden e algum vegetal, nota-se bem a presença do encruzado. Na boca além da fruta branca, surge os citrinos leves, e toques tropicais, papaia e ananás. Acidez muito bem e apresenta também alguma mineralidade que acrescenta complexidade ao conjunto. Final médiamente persistente. Vinho de entrada de gama, e está muito bem!

 

Classificação: 17/20 

Preço: 9,90€ 

Observações: Vivino: 4.0/5Wine Enthusiast: 91/100;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; 

Deu-la-Deu Alvarinho 2019

por Rui Sousa, em 10.08.20

Alvarinho-deu-la-deu-sem-fundo-web1.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Vinho Verde
Castas: Alvarinho

Ano: 2019
Região: Vinhos Verdes
Data da Prova: 08 de Agosto de 2020
Teor Alcoolico: 13%

Produtor: Adega de Monção

 

Sobre o Vinho...

A casta Alvarinho é uma casta vigorosa, que obriga a alguma prudência no controlo do ímpeto vegetal, sendo, porém, uma casta pouco produtiva, com cachos pequenos e elevada proporção de grainhas. Historicamente, foi uma das primeiras variedades portuguesas a ser engarrafada em estreme, responsável pelo sucesso dos vinhos da sub-região de Monção e Melgaço. Tem um enorme potencial de envelhecimento, conseguindo viver em perfeita saúde até completar, pelo menos, dez anos de idade. (Wikivinha)

O vinho foi elaborado segundo estas indicações da Adega: Seleção das uvas.  Obtenção do mosto do 1 e 2 apertos. Decantação (24 horas a 14 C). Realização do lote. Filtração de desbaste. Armazenamento. Estabilização pelo método de contato. Filtração por terras. Filtração final por membranas. Engarrafamento.

 

Prova:

Alvarinho a casta rainha dos verdes, este vinho de cor amarelo claro, de nariz não muito exuberante, tranquilo, com as notas carateristicas da casta, fruta citrica e alguma tropical. Na boca a ser notar mais as frutas citricas, como lima, limão, acompanhadas de algum floral e mineralidade. Boa estrutura e o conjunto resulta muita bem, com um final médio. Um Alvarinho calmo, mas seguro, que acompanha tão bem, os pratos leves desta época. É sempre uma aposta segura.

 

Classificação: 17/20 

Preço: 4,75€ 

Observações: Vivino: 3.8/5Wine Enthusiast: 91/100;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; 

Quinta da Pedra Cavada Reserva Branco 2019

por Rui Sousa, em 29.07.20

Quinta-Pedra-Cavada-Reserva-branco-2018_baixa_reso

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: Rabigato, Gouveio e Viosinho

Ano: 2019
Região: Douro
Data da Prova: 26 de Julho de 2020
Teor Alcoolico: 13,5%

Produtor: Colinas do Douro

 

Sobre o Vinho...

Situada no Douro Superior, a Quinta da Pedra Cavada beneficia da singularidade da sua localização – a transição geológica do granito da Beira Interior e os primeiros Vales de Xisto do Douro. Nascem assim vinhos com muita identidade, dominados por três elementos chave: elegância, frescura e mineralidade. O resultado são vinhos complexos, com muita fruta e suaves. Estagiou seis meses em barricas de carvalho.

Prova:

Branco vindo do Douro superior, de cor amarelo claro, muito frutado, bouquet muito agradável, pessegos, melão, e notas suaves de limão e flor de laranjeira. Na boca, apresenta-se com uma acidez bem controlada e a se notar a fruta mais doce, associada a uns toques tostados e fumo. Sente-se ainda uns taninos suaves que completam bem o conjunto. Final médio. Boa RQP, neste vinho exclusivo da Sonae.

 

Classificação: 16,5/20 

Preço: 4,59€ 

Observações: Vivino: n/d; Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; 

Adega Ponte de Lima Loureiro 2019

por Rui Sousa, em 22.07.20

pontelima.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: Loureiro

Ano: 2019
Região: Vinho Verdes
Data da Prova: 14 de Julho de 2020
Teor Alcoolico: 13%

Produtor: Adega de Ponte de Lima

 

Sobre o Vinho...

O nome Loureiro significa "louro" e refere-se ao aroma característico das bagas. Estudos genéticos sugerem que essa é uma variedade antiga de uva, e referências documentais podem ser encontradas desde o final do século XVIII. Até a década de 1960, era cultivado principalmente em um local, o Vale do Lima, na parte costeira do norte da região do Minho. A relação com a uva vermelha quase extinta Loureiro Tinto ainda não é conhecida.

 

Prova:

De cor amarelo (muito) claro esverdeado, com aromas de citrinos e florais. Na boca acidez muito bem, agradável, fresco, as notas de fruta presentes, como lima, nectarinas e toques suaves de tropicalidade. Apresenta final pouco persistente mas agradável e elegante.

 

Classificação: 15,5/20 

Preço: 3€ 

Observações: Vivino: 3.6/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d;  

Quinta de Amares Loureiro 2019

por Rui Sousa, em 12.07.20

0003EF24B33F0B.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Verde
Castas: Loureiro

Ano: 2019
Região: Vinhos Verdes
Data da Prova: 30 de Junho de 2020
Teor Alcoolico: 11,5%

Produtor: Quinta D'Amares

 

Sobre o Vinho...

A casta Loureiro é uma variedade muito fértil e produtiva, propicia cachos compridos e medianamente compactos, com bagos médios de cor amarelada ou esverdeada. Caracteriza-se pela personalidade floral particularmente cristalina, com ênfase na flor de laranjeira, acácia e tília, sendo as notas de maçã e pêssego relativamente comuns nos vinhos estremes. Estes vinhos, quando bem vinificados apresentam-se aromáticos, apelativos e refrescantes. Têm vindo a ser implementada em locais onde atinge valores de álcool de 13°, esperando-se vinhos diferentes do habitual mas também de grande qualidade. (Wikivinha e Vidarural)

 

Prova:

Vinho monovarietal de Loureiro. De cor amarelo esverdeado claro, muito aromático, com muitas notas florais, pêssego, nectarinas e fruta branca. Na boca a mineralidade está bem marcada bem como a acidez, o que torna o vinho muito fresco. Mantem notas agradáveis de fruta na boca. Final pouco persistente. Um bom verde, boa RQP, mas sobretudo um bom Loureiro. 

 

Classificação: 16/20 

Preço: 3€ 

Observações: Vivino: 3.8/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: 16/20

Terras de Lava Terroir Vulcânico Branco 2019

por Rui Sousa, em 29.06.20

Terras-de-Lava-branco-Web.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: 

Ano: 2019
Região: Açores
Data da Prova: 20 de Junho de 2020
Teor Alcoolico: 12,5%

Produtor: Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico

 

Sobre o Vinho...

Feito a partir de um lote das castas autóctones dos Açores (70%) e com castas diversas Europeias (30%). Após cuidada seleção das uvas a fermentação aconteceu em cuba de inox a uma temperatura controlada de 15ºc. Estágio sobre as borras finas durante 4 meses após o qual o vinho foi engarrafado

Prova:

Primeiro vinho açoriano e de cor amarelo claro, no nariz sente-se alguma tropicalidade, com ananas verde, nectarinas e limas. Na boca a salinidade comanda e centra toda a atenção, com notas de frutas verdes e florais. Tem um final curto, salino e agradável. Vinho diferente, fresco que nos transporta imediatamente para as encostas vulcanicas das ilhas de bruma.

 

Classificação: 16/20 

Preço: ???€ (preço médio)

Observações: Vivino: 3.7/5Aggregated Critic Score - Wine Searcher: 86/100