Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

elixirdebaco

5 grandes amigos, que gostam de provar, mas sobretudo de beber vinho todos juntos. Como a vida os afastou (geograficamente), o vinho acabou por os juntar. E o vinho, torna-se sempre melhor quando é partilhado!

Cave do Morgado Alvarinho 2019

por Rui Sousa, em 20.09.20

V05044.jpg

 

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: Alvarinho, 

Ano: 2019
Região: Vinhos Verdes
Data da Prova: 26 de Agosto de 2020
Teor Alcoolico: 12%

Produtor: Distribuido por Aldi

 

Sobre o Vinho...

A casta Alvarinho, dá corpo a vinhos únicos e facilmente identificáveis, de personalidade e temperamento forte. É uma casta vigorosa, que obriga a alguma prudência no controlo do ímpeto vegetal, sendo, porém, uma casta pouco produtiva, com cachos pequenos e elevada proporção de grainhas. Historicamente, foi uma das primeiras variedades portuguesas a ser engarrafada em estreme, responsável pelo sucesso dos vinhos da sub-região de Monção e Melgaço. O Alvarinho proporciona vinhos com elevado potencial alcoólico, perfumados e delicados, com notas aromáticas díspares de pêssego, limão, maracujá, lichia, casca de laranja, jasmim, flor de laranjeira e erva-cidreira. Tem um enorme potencial de envelhecimento, conseguindo viver em perfeita saúde até completar, pelo menos, dez anos de idade. (www.vinha.pt)

 

 

Prova:

De cor amarelo claro com muitas nuances esverdeadas. Nariz bem frutado, citrinos, lima-limão, melão e notas florais. Na boca, boa acidez, mantém fruta verde, maça, pêra e melão com notas minerais a acompanhar. Final pouco persistente, mas um bom Alvarinho com um preço muito bom. 

 

Classificação: 16,5/20 

Preço: 3,5€ 

Observações: Vivino: 3.9/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; 

Quinta d'Amares Loureiro e Arinto Superior 2018

por Rui Sousa, em 12.08.20

0003EF24B2C772.png

 

Características do Vinho:

Tipo: Vinho Verde
Castas: Loureiro 50% e Arinto 50%

Ano: 2018
Região: Vinhos Verdes Sub-região do Cávado
Data da Prova: 11 de Agosto de 2020
Teor Alcoolico: 12,5%

Produtor:Quinta de Amares

 

Sobre o Vinho...

A Arinto é uma casta muito versátil, por isso é cultivada em quase todas as regiões viní­colas. Na região dos Vinhos Verdes é conhecida por Pedernã. Contudo, é na região de Bucelas que esta casta ganha notoriedade, sendo considerada a casta "rainha" da região. O cacho da casta Arinto é grande, compacto e composto por bagos pequenos ou médios de cor amarelada. Esta casta é frequentemente utilizada na produção de vinhos de lote (mais do que uma casta) e também de vinho espumante. (infovini)

 

Prova:

Que grande verde! De cor amarelo claro, apresenta-se logo muito aromático, muita fruta e floral. Fruta citrica mas também notas tropicais, como ananás e maracujá. Na boca a acidez estava perfeita, mantendo uma elegancia e frescura de salientar. Mantém as notas da fruta citrica, mais a maça verde, o ananás e algum vegetal e alguma mineralidade. Final mediamente persistente. Atrevo-me a afirmar que provavelmente foi o verde sem Alvarinho, mais aromático, que já foi provado no EdB.

 

Classificação: 17/20 

Preço: 3,89€ 

Observações: Vivino: 4.0/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; 

Deu-la-Deu Alvarinho 2019

por Rui Sousa, em 10.08.20

Alvarinho-deu-la-deu-sem-fundo-web1.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Vinho Verde
Castas: Alvarinho

Ano: 2019
Região: Vinhos Verdes
Data da Prova: 08 de Agosto de 2020
Teor Alcoolico: 13%

Produtor: Adega de Monção

 

Sobre o Vinho...

A casta Alvarinho é uma casta vigorosa, que obriga a alguma prudência no controlo do ímpeto vegetal, sendo, porém, uma casta pouco produtiva, com cachos pequenos e elevada proporção de grainhas. Historicamente, foi uma das primeiras variedades portuguesas a ser engarrafada em estreme, responsável pelo sucesso dos vinhos da sub-região de Monção e Melgaço. Tem um enorme potencial de envelhecimento, conseguindo viver em perfeita saúde até completar, pelo menos, dez anos de idade. (Wikivinha)

O vinho foi elaborado segundo estas indicações da Adega: Seleção das uvas.  Obtenção do mosto do 1 e 2 apertos. Decantação (24 horas a 14 C). Realização do lote. Filtração de desbaste. Armazenamento. Estabilização pelo método de contato. Filtração por terras. Filtração final por membranas. Engarrafamento.

 

Prova:

Alvarinho a casta rainha dos verdes, este vinho de cor amarelo claro, de nariz não muito exuberante, tranquilo, com as notas carateristicas da casta, fruta citrica e alguma tropical. Na boca a ser notar mais as frutas citricas, como lima, limão, acompanhadas de algum floral e mineralidade. Boa estrutura e o conjunto resulta muita bem, com um final médio. Um Alvarinho calmo, mas seguro, que acompanha tão bem, os pratos leves desta época. É sempre uma aposta segura.

 

Classificação: 17/20 

Preço: 4,75€ 

Observações: Vivino: 3.8/5Wine Enthusiast: 91/100;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; 

Adega de Ponte de Lima Adamado 2018

por Rui Sousa, em 10.08.20

112.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Vinho Verde
Castas: Loureiro e Trajadura

Ano: 2018
Região: Vinhos Verdes
Data da Prova: 03 de Agosto de 2020
Teor Alcoolico: 10,5%

Produtor: Adega de Ponte de Lima

 

Sobre o Vinho...

Da sub-região do Lima, este verde da Adega de Ponte de Lima, é composto por duas das castas mais emblemáticas da região:

Loureiro: Casta de alta qualidade, recomendada em grande parte da Região Demarcada. De área de cultivo em grande extensão, é oriunda da Ribeira-Lima. Muito produtiva, dá origem a vinhos com aroma acentuado a casta, harmoniosos e saborosos. Os cachos da casta Loureiro são grandes e não muito compactos, enquanto os bagos são médios de tamanho uniforme e de cor amarelada ou esverdeada.

Trajadura: Casta de qualidade, recomendada em grande parte da Região Demarcada. De área de cultivo em grande extensão. Produtiva, dá origem a vinhos com aroma delicado e pouco acentuado.

(Adega de Ponte de Lima)

Prova:

De cor amarela clara com muitas nuaces esverdeadas, o vinho apresenta-se muito fresco e floral, conjuntamente com as notas citricas tão carateristicas da casta Loureiro. Na boca a acidez estava perfeita, com as frutas citricas, mais toques de fruta doce, como o pêssego. Conjunto muito fresco, leve e elegante. Final pouco persistente e agradável. Vinho ideal para estas temperaturas de verão!!!

 

Classificação: 16/20 

Preço: 3€ 

Observações: Vivino: 4.0/5Wine Seacher Aggregated Wine Score: 86/100;

Adega Ponte de Lima Loureiro 2019

por Rui Sousa, em 22.07.20

pontelima.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: Loureiro

Ano: 2019
Região: Vinho Verdes
Data da Prova: 14 de Julho de 2020
Teor Alcoolico: 13%

Produtor: Adega de Ponte de Lima

 

Sobre o Vinho...

O nome Loureiro significa "louro" e refere-se ao aroma característico das bagas. Estudos genéticos sugerem que essa é uma variedade antiga de uva, e referências documentais podem ser encontradas desde o final do século XVIII. Até a década de 1960, era cultivado principalmente em um local, o Vale do Lima, na parte costeira do norte da região do Minho. A relação com a uva vermelha quase extinta Loureiro Tinto ainda não é conhecida.

 

Prova:

De cor amarelo (muito) claro esverdeado, com aromas de citrinos e florais. Na boca acidez muito bem, agradável, fresco, as notas de fruta presentes, como lima, nectarinas e toques suaves de tropicalidade. Apresenta final pouco persistente mas agradável e elegante.

 

Classificação: 15,5/20 

Preço: 3€ 

Observações: Vivino: 3.6/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d;  

Quinta de Amares Loureiro 2019

por Rui Sousa, em 12.07.20

0003EF24B33F0B.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Verde
Castas: Loureiro

Ano: 2019
Região: Vinhos Verdes
Data da Prova: 30 de Junho de 2020
Teor Alcoolico: 11,5%

Produtor: Quinta D'Amares

 

Sobre o Vinho...

A casta Loureiro é uma variedade muito fértil e produtiva, propicia cachos compridos e medianamente compactos, com bagos médios de cor amarelada ou esverdeada. Caracteriza-se pela personalidade floral particularmente cristalina, com ênfase na flor de laranjeira, acácia e tília, sendo as notas de maçã e pêssego relativamente comuns nos vinhos estremes. Estes vinhos, quando bem vinificados apresentam-se aromáticos, apelativos e refrescantes. Têm vindo a ser implementada em locais onde atinge valores de álcool de 13°, esperando-se vinhos diferentes do habitual mas também de grande qualidade. (Wikivinha e Vidarural)

 

Prova:

Vinho monovarietal de Loureiro. De cor amarelo esverdeado claro, muito aromático, com muitas notas florais, pêssego, nectarinas e fruta branca. Na boca a mineralidade está bem marcada bem como a acidez, o que torna o vinho muito fresco. Mantem notas agradáveis de fruta na boca. Final pouco persistente. Um bom verde, boa RQP, mas sobretudo um bom Loureiro. 

 

Classificação: 16/20 

Preço: 3€ 

Observações: Vivino: 3.8/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: 16/20

Soalheiro Alvarinho 2019

por Rui Sousa, em 09.06.20

soalheiro_classico_2019.jpg Imagem: https://www.soalheiro.com/

 

Características do Vinho:

Tipo: Verde Branco
Castas: Alvarinho

Ano: 2019
Região: Vinhos Verdes (Monção e Melgaço)
Data da Prova: 08 de Junho de 2020
Teor Alcoolico: 12,5%

Produtor: Quinta do Soalheiro 

 

Sobre o Vinho...

As uvas, exclusivamente da casta Alvarinho, são colhidas manualmente em caixas de pequena capacidade e transportadas para a adega num curto espaço de tempo. Após a prensagem, o mosto obtido decanta durante 48 horas, segue-se a fermentação, a temperatura controlada, usando leveduras pré-seleccionadas para o efeito. O engarrafamento efectua-se após a estabilização do vinho, sendo seguido de um estágio em garrafa. A vinificação do Alvarinho Soalheiro está direccionada para obter um vinho que concentre a qualidade das uvas e permita uma boa evolução após o engarrafamento. (https://www.soalheiro.com/pt/vinhos/alvarinho-soalheiro-2019)

 

Prova:

Excelente alvarinho. Cor amarelo citrino, muito frutado, com a fruta cítrica e tropical, como as laranjas, toranjas, limão, ananás. Percebe-se no conjunto também notas minerais e florais. Na boca a acidez está muito bem, a manter uma estrutura muito agradável ao vinho. Fresco mas com volume a manter um final médio. 

 

Classificação: 17/20 

Preço: 9€ (preço médio)

Observações:  Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; Vivino: 4.2/5

Quinta de Simaens 2005

por Rui Sousa, em 16.03.07

Características do Vinho:

Tipo: Verde
Castas:
?

Ano: 2005
Região: Verde (DOC - Sub Região do Sousa)

Data da Prova: 15 de Março de 2007
Teor Alcoolico: 13%
Produtor:  Sociedade de Vinhos Borges, SA

Sobre o Vinho... 
Vindo da Quinta de Simaens adquirida em 1991 e situada a cerca de 500 metros do Centro de Produção da Lixa, a Sociedade dos Vinhos Borges deu um importante passo com a introdução de toda uma nova tecnologia vitícola. Com condições ideais para a cultura da vinha, o seu terreno, com cerca de 30 ha plantados por talhões monocasta produz, através de um inovador sistema de condução ("Lys"), as melhores castas tradicionais: Pedernã (40%), Azal (40%), Avesso (10%) e Trajadura (10%). (www.borgeswines.com)


Prova: 
Muito aromático, como manda um bom verde, nota-se logo as frutas verdes e tropicais e notas minerais a pulvilhar os seus aromas. Na boca um verde com caraterísticas de um branco. Tem boa acidez, mas lembra um branco seco, continua com a fruta presente com toque de frutos secos! Tem um final adequado e agradável.

 

Classificação: 15 Valores
Preço:  ? €

Observações:   É um verde "abrancado", seco e agradável. É diferente este verde mas vale a pena a degustação. Ao almoço com uns Filetes de Pescada e arroz de tomate ficou muito bem!

Alvarinho Pingo Doce 2005

por Rui Sousa, em 01.02.07

Características do Vinho:

Tipo: Verde
Castas:
Alvarinho

Ano: 2005
Região: Sub-Região de Monção (DOC)

Data da Prova: 31 de Janeiro de 2007
Teor Alcoolico: 13%
Produtor:  Anselmo Mendes

Sobre o Vinho... 
Produzido por Anselmo Mendes, produtor de bons exemplares minhotos, como o Muros de Melgaço, ja provado por estas bandas, foi vinificado na sua adega em Melgaço.

Prova: 
Aromas verdes, maça, citrinos, melão e algum vegetal. Cor de palha, na boca é menos exuberante, mas sente-se bem a acidez e os citrinos. Pena é o seu final que não é muito prolongado. Ou seja é um verde agradável mas não muito exuberante, discreto e cumpridor do seu papel.

 

Classificação: 15 Valores
Preço:  +/- 4 €

Observações:   Bom verde para o quotidiano, apesar do preço não se afastar muito de outros bons exemplares da casta. Mas com a Dourada no forno, acompanhada com batata assada com vegetais, ficou uma maravilha.

Alvarinho Borges 2005

por Rui Sousa, em 31.12.06



Características do Vinho:

Tipo: Verde
Castas:
Alvarinho

Ano: 2005
Região: Sub-Região de Monção (DOC)

Data da Prova: 25 de Dezembro de 2006
Teor Alcoolico: 13%
Produtor:  Sociedade dos Vinhos Borges, SA

Sobre o Vinho... 
Mais um vinho da sub-região de monção. Vinhos Verdes são com certeza uma marca portuguesa e boa ainda por cima. Este verde produzido pela Borges, sofreu uma maceração pelicular a frio durante 12 horas e uma decantação a frio com a fermentação controlada. Estagiou entre 3 a 6 meses em borras finas.

Prova: 
De cor citrina e bastante aromático é um verde com força, bem na sua juventude. Fruta tropical (ananás), maça verde, e os aromas florais estão bem presentes. Com uma acidez óptima, apresenta-se macio, suave o que  permite acompanhar bons pratos de peixe e tem um final muito bom, prolongado.

 

Classificação: 16,5 Valores
Preço:  ?

Observações:   Cá está mais um Alvarinho... parece que só dá bons vinhos esta casta, só nos resta ir provando!!! Bom vinho, ficou muito bem com o Bacalhau Espiritual à moda do Dr Rogério!!! gracias!