Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

elixirdebaco

5 grandes amigos, que gostam de provar, mas sobretudo de beber vinho todos juntos. Como a vida os afastou (geograficamente), o vinho acabou por os juntar. E o vinho, torna-se sempre melhor quando é partilhado!

Terras de Lava Terroir Vulcânico Branco 2019

por Rui Sousa, em 29.06.20

Terras-de-Lava-branco-Web.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: 

Ano: 2019
Região: Açores
Data da Prova: 20 de Junho de 2020
Teor Alcoolico: 12,5%

Produtor: Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico

 

Sobre o Vinho...

Feito a partir de um lote das castas autóctones dos Açores (70%) e com castas diversas Europeias (30%). Após cuidada seleção das uvas a fermentação aconteceu em cuba de inox a uma temperatura controlada de 15ºc. Estágio sobre as borras finas durante 4 meses após o qual o vinho foi engarrafado

Prova:

Primeiro vinho açoriano e de cor amarelo claro, no nariz sente-se alguma tropicalidade, com ananas verde, nectarinas e limas. Na boca a salinidade comanda e centra toda a atenção, com notas de frutas verdes e florais. Tem um final curto, salino e agradável. Vinho diferente, fresco que nos transporta imediatamente para as encostas vulcanicas das ilhas de bruma.

 

Classificação: 16/20 

Preço: ???€ (preço médio)

Observações: Vivino: 3.7/5Aggregated Critic Score - Wine Searcher: 86/100

Jaen Adega de Penalva 2017

por Rui Sousa, em 28.06.20

V06912.jpg 

imagem: https://grandesescolhas.com/vinho/adega-de-penalva-14/

Características do Vinho:

Tipo: Tinto
Castas: Jaen

Ano: 2017
Região: Dão
Data da Prova: 17 de Junho de 2020
Teor Alcoolico: 13,5%

Produtor: Adega de Penalva

 

Sobre o Vinho...

Monocasta Jaen, Mencia para os vizinhos espanhóis, fermentado em lagar de inox, com estágio em madeira de carvalho francês e americano.

 

Prova:

De cor vermelho escuro, aromas de fruta vermelha e madura, com detaque para as cerejas e framboesas. Na boca muito macio, envolvente, com toque subtis de madeira e tostado e com taninos controlados. Final pouco persistente. Um Jaen muito agradável, elegante, com boa RQP. 

 

Classificação: 16,5/20 

Preço: 6,5€ 

Observações: Vivino: 3.8/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: 15,5/20

Provas da equipa EdB

por Rui Sousa, em 23.06.20

Durante a semana, a equipa elixir de baco foi provando e bebendo alguns néctares e agora decidimos partilhar,

media.jpg

Duas Encostas Signature Vinhas Velhas 2017, Tinto, Dão.

Vinho do Dão, com nariz logo a fruta vermelha, com os morangos a sobressair. Na boca, taninos suaves com pouca acidez, pouco encorpado, mas a conseguir manter uma frescura e persistencia agradável. Um tinto mais "leve" que até casava bem com um bom peixe! Élvio Sousa 

 

102006_1-1.jpg

Fonte de Perdiz Old Vines 2018, Tinto, Douro, 13,5%

Bom Douro! Muita fruta vermelha, morangos, cereja. Na boca taninos firmes, robustos inicialmente e com o tempo mais envolventes. Vinho com boa acidez e frescura mediana, encorpado, mas com final pouco persistente. Boa surpresa com um excelente preço. 3,5 €. 15,5. Rui Sousa

 

6011130-0.jpg

Monte da Peceguina 2017, Tinto, Alentejo, 14,5%

Um alentejano de Albernôa, da Herdade da Malhadinha Nova. Na boca seco, com aromas terciários a se notar, toques de madeira e frutos secos. Final longo, persistente.
Classificação: 16/20. Hélder Gonçalves

 

monsaraz-alicante-bouschet-1.jpg

Alicante Bouschet Monsarraz 2017, Tinto, Alentejo, 15,5% 

Tinto com 15,5% a evidenciar logo de inicio o álcool. De cor vermelho escuro, apresenta aromas de fruta vermelha madura, ameixa, cereja. Na boca, muito macio, muito encorpado, com taninos presentes mas controlados. Final persistente. Classificação: 14,5/20. Hélder Gonçalves 

Vinha Paz Branco 2015

por Rui Sousa, em 18.06.20

vinhapaz.jpg imagem: http://www.vinhapaz.pt/

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: Malvasia Fina 30%, Encruzado 60% e Gouveio 10%

Ano: 2015
Região: Dão
Data da Prova: 03 de Junho de 2020
Teor Alcoolico: 13,5%

Produtor: Vinha Paz

 

Sobre o Vinho...

Na Quinta da Leira e Tremoa em Oliveira de Barreiros - Viseu, são feitos os vinhos brancos Vinha Paz. Com idade das vinhas 20 a 50 anos a vindima é efectuada manualmente com a selecção das melhores uvas. 

 

Prova:

Branco com 5 anos, mas que nos conquista pela boca. De cor amarelo-esverdeado, notas minerais, com fruta cítrica, mais alguma maça. Na boca com uma acidez muita boa, e corpo agradavelmente envolvente. Final pouco persistente. Branco com 5 anos, optima opção. 

 

Classificação: 15,5/20 

Preço: ???€ (preço médio)

Observações: Vivino: 3.7/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: 16/20Grandes Escolhas: n/d; 

Vallado Branco 2019

por Rui Sousa, em 11.06.20

vallado.jpg Imagem: https://www.quintadovallado.com/pt/

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: 40% Rabigato, 25% Códega, 15% Viosinho, 10% Gouveio e 10% Arinto

Ano: 2019
Região: Douro
Data da Prova: 11 de Junho de 2020
Teor Alcoolico: 12%

Produtor: Quinta do Vallado

 

Sobre o Vinho...

As uvas, maioritariamente provenientes de vinhas com 20 anos de idade, foram vindimadas manualmente e vinificadas no sistema de bica aberta. A fermentação durou cerca de 1 mês com temperatura controlada entre 14º a 16º C. (https://www.quintadovallado.com/pt/)

 

Prova:

Branco douriense discreto. De cor amarelo citrina, com toques esverdeados, aromas a fruta branca, como pêra e maça, algumas notas de nectarina, mas tudo muito calmo e tranquilo. Na boca muito suave, acidez pouco marcante e notas de melão verde. Final demasiado curto. Branco para beber sem pressas, sem expectativas, que sejamos levados pelo vinho... 

 

Classificação: 15,5/20 

Preço: 6,80€ (preço médio)

Observações: Vivino: 3.7/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; 

Fim de Semana com Vinhos

por Rui Sousa, em 09.06.20

Quando chegamos à 6ª Feira, ficamos logo com fim de semana à vista, e a vida leva-nos para o mais importante, família, amigos e claro está, os vinhos...

E pela primeira vez provas de alguns néctares degustados pela equipa EdB,

 

Vale de Cavalos Tinto 2017

Vinho encorpado, com aromas marcados pelos frutos vermelhos. Acidez marcada mas controlada e terminar com final pouco persistente. Conjunto harmonioso e bem agradável. 17 valores. Élvio Sousa

 

Altano Naturalmente Branco 2019

Prova marcada pelos aromas citricos e ananás. Seco, leve com a acidez qb e os citrinos presentes. Final pouco persistente a sobressair as frutas tropicais, como o maracujá. Hélder Gonçalves

 

Quinta das Maias Branco 2019

Branco elegante, pouco exuberante, seco, mineral. Aromas suaves a maça e pera. Na boca, boa acidez, envolvente a denotar que é branco do Dão, tem estrutura. Final pouco persistente. 15,5 Valores. Rui Sousa

Adega de Penalva Encruzado 2013

por Rui Sousa, em 09.06.20

20200604_094659.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: Encruzado

Ano: 2013
Região: Dão
Data da Prova: 01 de Junho de 2020
Teor Alcoolico: 13%

Produtor: Adega de Penalva

 

Sobre o Vinho...

Esmagamento com desengace, sem maceração pelicular e fermentação em cuba de inox a 18°C.

 

Prova:

Este é um vinho gastronómico! Com o passar dos anos, o vinho está provavelmente menos exuberante. De cor amarelo-citrino, os aromas minerais destacam-se, com notas de maça verde. Na boca está simples, agradável, pouco encorpado, acidez média/baixa o que nos leva para um final curto. Perante esta evolução em garrafa, podemos confirmar que o vinho está elaborado para ser um acompanhante e não o artista principal da refeição.

 

Classificação: 14/20 

Preço: ???€ (preço médio)

Observações:  Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; Vivino: 3.4/5

Soalheiro Alvarinho 2019

por Rui Sousa, em 09.06.20

soalheiro_classico_2019.jpg Imagem: https://www.soalheiro.com/

 

Características do Vinho:

Tipo: Verde Branco
Castas: Alvarinho

Ano: 2019
Região: Vinhos Verdes (Monção e Melgaço)
Data da Prova: 08 de Junho de 2020
Teor Alcoolico: 12,5%

Produtor: Quinta do Soalheiro 

 

Sobre o Vinho...

As uvas, exclusivamente da casta Alvarinho, são colhidas manualmente em caixas de pequena capacidade e transportadas para a adega num curto espaço de tempo. Após a prensagem, o mosto obtido decanta durante 48 horas, segue-se a fermentação, a temperatura controlada, usando leveduras pré-seleccionadas para o efeito. O engarrafamento efectua-se após a estabilização do vinho, sendo seguido de um estágio em garrafa. A vinificação do Alvarinho Soalheiro está direccionada para obter um vinho que concentre a qualidade das uvas e permita uma boa evolução após o engarrafamento. (https://www.soalheiro.com/pt/vinhos/alvarinho-soalheiro-2019)

 

Prova:

Excelente alvarinho. Cor amarelo citrino, muito frutado, com a fruta cítrica e tropical, como as laranjas, toranjas, limão, ananás. Percebe-se no conjunto também notas minerais e florais. Na boca a acidez está muito bem, a manter uma estrutura muito agradável ao vinho. Fresco mas com volume a manter um final médio. 

 

Classificação: 17/20 

Preço: 9€ (preço médio)

Observações:  Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; Vivino: 4.2/5

Cabriz Biológico Tinto 2016

por Rui Sousa, em 05.06.20

cabrizorg.jpg

 

Características do Vinho:

Tipo: Tinto Biológico
Castas:  Touriga Nacional e Tinta Roriz

Ano: 2016
Região: Dão
Data da Prova: 30 de Maio de 2020
Teor Alcoolico: 13,5%

Produtor: Global Wines

 

Sobre o Vinho...

Desengace total, maceração pelicular suave, fermentação alcoólica a 26ºC. 2 meses de maceração pós fermentativa e 6 meses de batonnage em borras finas. Estágio 18 meses em inox e 3 meses em garrafa. 

 

Prova:

Vinho venceu logo no 1º round. De cor rubi, o vinho ganhou o combate com os seus aromas florais e fruta vermelha. Na boca os taninos marcam bem o palato, sendo mais envolventes com o tempo. A acidez está bem presente sendo que no seu conjunto o vinho inicialmente perde alguma harmonia entre taninos e acidez e com o tempo acaba por equilibrar. Final é persistente médio. Bom e diferente Tinto do Dão.  

 

Classificação: 16/20 

Preço: 4,5€ (preço médio)

Observações:  Wine Enthusiast: 89/100;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d; Vivino: 3.7/5

Castelo de Penalva Premium Branco 2016

por Rui Sousa, em 04.06.20

20200603_182331.jpg

Características do Vinho:

Tipo: Branco
Castas: Malvasia Fina, Cerceal-Branco, Bical (Borrado das Moscas) e 20% Encruzado

Ano: 2016
Região: Dão
Data da Prova: 25 de Maio de 2020
Teor Alcoolico: 13%

Produtor: Adega de Penalva

 

Sobre o Vinho...

 Os brancos da Adega de Penalva caracterizam-se por serem leves, frescos, de cor amarelo citrina, aromas suaves e sabores frutados. Muito provavelmente foi efectuado o esmagamento com desengace, sem maceração pelicular e fermentação em cuba de inox a 18-20 °C. Ao blend de castas brancas mais utilizado para os seus brancos, a Adega introduziu neste Premium um lote de 20% de Encruzado fermentado em barricas de 2º ano.

 

Prova:

Mais uma vez, simples, simpático e neste caso equilibrado. De cor citrina palha, destaca-se os aromas de citrinos, mais o pêssego, e nota-se bem a presença da malvasia no lote. Na boca, apesar de 4 anos, mantém a acidez agradável, dando frescura ao conjunto. Percebe-se alguns toques mais complexos, fumo, provavelmente da madeira ou da malvasia-fina. Final agradável com persistência média. Bom branco que acompanha muito bem uma refeição num dia de primavera. 

 

Classificação: 15/20 

Preço: ???€ (preço médio)

Observações: Vivino: 3.2/5Wine Enthusiast: n/d;  Revista de Vinhos: n/d; Grandes Escolhas: n/d;